Liderança em vendas: dicas para aumentar a produtividade

Que tal consolidar a sua liderança em vendas? Temos algumas dicas simples e úteis que farão a diferença

As vendas mudaram quase tudo que conhecemos sobre o tema. Principalmente, nos últimos 10 anos. Isso impactou a liderança em vendas.

A tecnologia, o comportamento, o relacionamento, juntamente com outros detalhes relacionado ao antigo processo de vendas não são mais o mesmo.

Hoje o processo tem como foco no desenvolvimento de leads ao invés de chamadas frias e outras abordagens.

Mas, como o cenário comercial passa por constantes mudanças, pode ser difícil manter a liderança em vendas, e isso impacta negativamente na produtividade.

Todo líder tem como responsabilidade gerenciar sua equipe de tal forma que transmita hábitos produtivos para sua equipe enquanto pilota o barco.

Se você está passando por esse problema, selecionamos algumas dicas de liderança em vendas que podem ser úteis.

Parte do que você precisa fazer, está ligado ao seu comportamento. A outra parte, está ligada ao seu exemplo perante o seu time.

Aqui estão as melhores dicas para ajuda-lo a fazer exatamente isso.

#1. Tenha cuidado com as promoções

Só porque alguém é seu maior vendedor não significa que será a melhor pessoa para ser o seu coordenador, supervisor, líder de vendas, ou até mesmo, gerente comercial.

Pense nisso. Se um vendedor faz um ótimo trabalho como vendedor, você não deveria deixa-los continuar a fazer esse trabalho?

É melhor deixar um ótimo vendedor ser um ótimo vendedor e encontrar um líder para o time, do que perde-lo e ganhar um péssimo líder.

Muitas empresas promovem automaticamente o seu melhor vendedor quando precisam de um novo gerente.

Mas, na maioria das hipóteses, isso é totalmente ineficaz.

A gestão da equipe requer um conjunto de habilidades que o seu maior vendedor simplesmente não vai poder oferecer.Liderança em Vendas

#2. Concentre-se na cultura

Oferecer incentivos pode ser uma ótima maneira de encorajar a equipe a incorporar novos clientes.

Mas, se você se concentra apenas em estabelecer metas e recompensar as pessoas a alcança-las não vai conseguir ir muito mais além de onde já foi.

No fim do dia, incentivos morais são mais importantes do que incentivos financeiros, e é por isso que você precisa criar uma cultura na qual todos se sentem como parte de algo maior do que apenas si mesmos.

Dessa forma, eles atingem seus próprios objetivos, porque não vão querer deixar seus colegas para baixo.

No meio disso tudo, quando todos estão trabalhando para o sucesso, qualquer compensação financeira é um bônus adicional.

#3. Use as ferramentas certas

Sua equipe de vendas trabalhará muito mais efetivamente se você lhes der as ferramentas e o treinamento que precisam para fazer o trabalho bem feito.

Eles também podem querer terceirizar as tarefas que são menos proficientes, como escrever cartas e e-mails formais.

Quando um vendedor pede uma ferramenta ou um serviço, forneça a eles.

Eles conhecem melhor seus potenciais, e vale apena investir em tecnologia e recursos quando eles influenciam na produtividade.

#4. Não gerencie demais

Gerir é importante. Mas, se você oprimir as pessoas examinando cuidadosamente tudo o que eles fazem, como se quisesse controlar, elas rapidamente irão usar sua iniciativa para mudar de emprego.

Ao invés de agir com essa postura, certifique-se de dar aos seus funcionários a autoridade que eles precisam.

Isso vai motivá-los a sair e tentar coisas novas, o que é um ótimo sinal, desde que estejam cumprindo seus objetivos.

Você poderá até se surpreender com os resultados quando a sua equipe estiver sendo encorajada a tomar a iniciativa e melhorar os processos que aumentam a produtividade.

#5. Encontre o equilíbrio entre os processos

Os processos são importantes porque ajudam a padronizar suas operações e criar consistência, mas se eles são excessivamente complicados podem tornar tudo menos produtivo.

É por isso que é tão importante obter o equilíbrio entre o uso de processos para dar suporte às pessoas e não impedir que as pessoas façam seus trabalhos.

Regularmente, audite seus processos para ver se há espaço para melhorias e não os coloque em um pedestal e se recuse a muda-los.

#6. Automatize

Menos de 1/3 do tempo de um vendedor é gasto vendendo.

O resto é gasto em tarefas improdutivas e repetitivas, como manutenção de sistemas e arquivamento de processos.

Consequentemente, é uma boa ideia automatizar o máximo possível o processo para que vendedores possam passar o máximo possível do seu tempo fazendo o que fazem de melhor: vendendo.

Uma ótima maneira de começar é com um sistema de gerenciamento de projetos e CRM, que vai permitir você a economizar tempo e acessar mais informações em tempo real.

Assim, vendedores podem passar mais tempo vendendo e construindo relacionamento, ao invés de ficarem presos à burocracia.

#7. Comemore as vitórias

Certifique-se de celebrar seus sucessos para que a sua equipe saiba que seu trabalho está sendo observado a apoiado.

Não há nada mais desmoralizante do que trazer um grande cliente novo para a empresa, sem o mínimo reconhecimento por isso.

Certifique-se de reconhecer os funcionários e recompensar toda a sua equipe – e não apenas a atitude de um vendedor.

Aumentando a liderança em vendas através da produtividade

A produtividade é uma obrigação. Você quer que sua equipe de vendas seja bem-sucedida, mas a responsabilidade por isso é de todos – e não apenas de cada vendedor.

Como gestor, ou executivo, é vital que você lidere pelo exemplo, e isso se estenderá para as ferramentas que seus usuários vão utilizar para serem bem sucedidos no trabalho.

Permita que seus funcionários sejam produtivos, e você irá se surpreender com os resultados.

Assim, você garante, para a posterioridade, a liderança em vendas de que precisa.