6 dicas para vender mais em menos tempo

Está buscando por alternativas para vender mais? Temos algumas dicas que vão ajudar a vender mais em menos tempo

Independente de nosso cargo, vendedores, gestores ou empresários, todos sabemos da importância de vender mais em uma organização.

Ninguém tem tempo para desperdiçar quando faz negócios. Como vendedor, você certamente não quer perder horas em um projeto ou prospect que sabe que não vai levar a lugar algum.

Vender mais significa também uma melhor gestão de tempo e tarefas. Significa usar o seu tempo naquilo que realmente paga você.

Alguns vendedores acabam executando diversas tarefas que não são prioridades para gerar vendas e receita.

E isso, por mais que possa ser importante para a empresa, de alguma forma, não é importante para gerar novas vendas garantir que o vendedor tenha mais tempo para vender.

Por outro lado, existem algumas dicas e técnicas que podem ajudar o vendedor a ter foco máximo e priorizar aquilo que realmente deve ser feito no mundo das vendas.

Se você está buscando vender mais, temos algumas dicas que podem trazer resultados através de mudanças simples em sua vida e rotina.

Aqui estão algumas dicas simples para você incorporar em sua rotina diária e que vai ajudá-lo a vender mais em menos tempo.

#1. Mova-se rapidamente

Alguns especialistas acreditam que quanto mais cedo você entrar em contato com um prospect, maior é a probabilidade que ele seja convertido em cliente.

Os intervalos de atenção são curtos atualmente, então você precisa agir o mais rápido possível para que as pessoas ainda lembrem de você.

Avalie o nível de engajamento da pessoa e veja até onde ela foi.

A pessoa acabou de se inscrever para saber mais informações? Ou seu prospect acabou de visitar a sua página de preços e produtos?

Compreenda como e porque a pessoa veio interagir com você.

Quando você faz uma chamada de vendas, coloque tudo em contexto. Ao fazer uma primeira chamada relevante e oportuna, você terá uma conversa mais significativa com seu potencial cliente.

#2. Não venda para quem não está motivado

Mas, por outro lado, não se aproxime daqueles potenciais clientes que não estão prontos para comprar.

Um vendedor é o melhor juiz para decidir quem realmente está pronto para se comprometer e quem está apenas sondando o seu produto.

Se você acha que uma pessoa tem pouca, ou nenhuma intenção de compra, deixe essa pessoa na lista de e-mail marketing, para que você possa nutri-la com informações até ela estar pronta para comprar.

Quando essa pessoa estiver pronta para prosseguir, esse será o momento certo para contata-la novamente. Caso contrário, poderá ser perda de tempo.

E isso é frustrante para qualquer vendedor.

Vender Mais

#3. Use o melhor momento do prospect

Alguns especialistas garantem que ligar pra alguém depois das 17h é inapropriado e fazer chamadas antes das 10h é falta de educação.

Mas hoje, não estamos mais nos limitando ao horário comercial em nossas relações profissionais.

A partir do momento que você começa a interagir com o seu prospect, você terá uma ideia de quando ele está livre para falar e o melhor momento para que uma conversa de vendas atinja o seu objetivo.

Agende suas interações (seja por telefone, ou qualquer outra) para o momento mais conveniente para o seu cliente.

Ele vai gostar se você ligar em um momento conveniente e então você terá a atenção da pessoa para falar livremente sem interrupções.

Isso deixa você mais perto da venda.

#4. Qualifique suas ligações

Só porque alguém compartilhou detalhes de contato com você não significa que ele ou ela esteja qualificado a ser um lead de vendas.

Tenha cuidado antes de jogar a isca.

Avançar em qualquer contato como se ele fosse uma oportunidade de negócios vai resultar em tempo desperdiçado, perda de recursos e energia.

Experimente um método simples de qualificação e faça as seguintes perguntas ao seu contato:

  • Orçamento: o seu contato tem dinheiro suficiente para comprar o seu produto?
  • Autoridade: essa pessoa tem autoridade para tomar uma decisão de compra?
  • Necessidade: o seu contato tem uma necessidade genuína de comprar o seu produto, ou têm algum problema que o seu produto resolve?
  • Cronograma: o seu contato tem um prazo específico para concluir a compra?

Você pode fazer outras perguntas para determinar se uma pessoa se qualifica como lead real, ou se é apenas mais 1 contado.

Avalie o humor geral de seu contato ou quaisquer relacionamentos que possam influenciar uma decisão de compra.

Fazer as perguntas acima vai ajudar a determinar se o lead vale a pena ser trabalhado desde o início.

#5. Planeje o futuro

Você não fechará nenhum negócio se não fizer follow-up.

Como isso será parte de sua rotina diária, por que não planejar com antecedência?

A pior maneira de começar o seu dia (e a melhor maneira de perder tempo) é chegar ao trabalho pela manhã e sem saber exatamente o que deve ser feito.

Ao planejar quais pessoas você deve entrar em contato e programar o follow-up com essas pessoas de maneira automatizada, você pode diminuir a dor de cabeça de tentar entender o que precisa ser feito.

E se você registrar todas as suas atividades e sempre incluir notas rápidas sobre o que foi discutido, você saberá exatamente onde parou, para evitar a repetição e se concentrar apenas no que irá mover o seu lead em direção à venda.

Nesse caso, um CRM pode ajudar você a trabalhar melhor. Experimente gratuitamente e veja seu desempenho melhorar.

Vender Mais

#6. Torne as coisas pessoais

Esforce-se para criar uma conexão pessoal e realmente se relacionar com seus prospects de vendas.

Mas, não force a barra. O seu cliente acabou de se casar, mudar ou ter um filho? Fale sobre isso antes de mergulhar de cabeça nos assuntos corporativos.

A intenção inicial pode ser falar sobre negócios, mas você precisa quebrar algumas barreiras à medida que a conversa avança.

Isso vai aumentar a pessoalidade e confiança entre vocês.

Crie uma rotina que permita vender mais em menos tempo

Se todo vendedor pudesse maximizar suas atividades de vendas, poderia usar o tempo para vender sempre mais e com isso superar suas metas com facilidade.

Isso é algo simples, mas que pode trazer um grande benefício a toda a organização.

Ter uma agenda organizada, processos bem definidos e tecnologia para dar suporte às atividades de vendas resultará não apenas em mais produtividade, mas também em mais resultados.

Experimente implementar essas 6 dicas em sua rotina de vendas. Você verá que o caminho para vender mais pode ser mais curto do que você imagina.